O que é e como funciona o aluguel de ações (BTC)

Apesar de ainda não ser uma prática amplamente conhecida, o aluguel de ações é uma forma de aumentar a rentabilidade da carteira, principalmente quando falamos de investimentos de longo prazo.

Alugar ações funciona de forma análoga ao aluguel de imóveis, no qual o proprietário dos ativos os emprestas a uma determinada taxa com um vencimento previamente negociado. Em contrapartida, temos o “locatário”, o qual recebe os papéis e remunera o proprietário por isso.

Leia mais

4 dicas para reduzir os juros ao financiar um imóvel

É possível acionar formas de encontrar o melhor negócio na hora de financiar tanto antes quanto depois de assinar o contrato.

Não é novidade para ninguém que a forma mais popular de se alcançar o sonho da casa própria ocorre por meio de financiamentos imobiliários. A modalidade oferece ao público a possibilidade de pagar em “suaves prestações” o crédito adquirido para comprar uma casa ou apartamento.

Embora seja relativamente simples, o financiamento imobiliário apresenta alguns pontos negativos. Entre eles, o pagamento de juros atrelados às parcelas mensais. Este artigo trará dicas valiosas para quem deseja reduzi-los – seja antes de fechar negócio ou até mesmo durante a vigência do contrato. Confira!

Leia mais

BDRs: uma alternativa de investimento no exterior

Muito é falado acerca de diversificação de carteira de investimentos e necessidade de ter uma porcentagem alocada no exterior. Contudo, muitos investidores ainda enxergam como algo distante e difícil, o que não é necessariamente verdade. Atualmente, existem formas simplificadas de aplicar em ativos estrangeiros. Um deles são os chamados BDRs.

No dia 22 de outubro de 2020, os BDRs foram liberados para o pequeno investidor. Antes disso, apenas investidores qualificados podiam ter acesso a esses ativos que introduzem o brasileiro à empresas listadas em bolsas internacionais. Confira abaixo mais informações sobre esses títulos que estão em voga no mercado.

Leia mais

A evolução da indústria de fundos de investimentos no Brasil

Ao longo das últimas décadas, a indústria brasileira de fundos de investimento cresceu e amadureceu em diversos aspectos.

O advento das plataformas digitais e o uso da tecnologia como instrumento de capilaridade fez com que produtos antes inimagináveis, fossem de fácil acesso ao pequeno e médio investidor. Este, por sua vez, obteve cada vez maior alcance à informação para estudar, criticar e escolher seus investimentos, colocando-os ao centro da mesa de discussões de gestoras – especialmente daquelas que já se construíram com olhar a esse novo universo. 

Leia mais